O caminho da conta médica

A conta médica faz um longo percurso até o seu pagamento. A atenção neste percurso é fundamental!

O paciente chega na recepção, o funcionário preenche a guia e lança os dados no sistema interno do EAS. 

Leia também:

Dependendo do tipo de procedimento, a guia segue para ser autorizada. Essa autorização pode ser no leitor de cartão, no portal da operadora ou por e-mail. Após a autorização o paciente segue para o atendimento.

As guias e seus relatórios anexo, os prontuários com laudos e pareceres seguem para a análise no pré faturamento.

Liberadas pelo pré faturamento, toda a documentação da conta segue para o faturamento, onde acontecerá a análise das faturas, a digitação e a impressão das guias e documentos necessários.

A conta ainda passará pela supervisão da Gerência do Faturamento e pela auditoria interna.

A auditoria interna, poderá ser médica ou enfermagem, e, vai analisar aspectos técnicos da realização de procedimento e a utilização de insumos.

Após esta fase, haverá a correção dos pontos apontados pela auditoria e o fechamento dos lotes do faturamento.

O faturamento vai solicitar ao setor financeiro a emissão da nota fiscal, caso necessário. E, após emitida, o faturamento seguirá para a operadora de saúde.

Após a análise da operadora, o EAS receberá pelas faturas entregues. 

O faturamento vai analisar os pagamentos, efetuar o recurso das possíveis glosas e aguardar o pagamento das mesmas.

Ufa… isso tudo, todos os dias, todos os meses, todos os anos.
-------

Comentários

Não Encontrou o que Procurava? Pesquise Aqui!

Top 10 da semana!

Raio X Cotovelo na CBHPM.

Faturamento SUS - O que é SIGTAP?