Consulta com Nutricionista

Mesmo depois de algum tempo após os ajustes que a ANS fez na quantidade de realizações permitidas para alguns procedimentos, muita gente ainda se confunde ou não sabe quais as condições para a realização dos mesmos. 

É fato que ainda existe muita glosa, principalmente nas consulta com terapeutas de diversas especialidade. 

E, os faturistas, só descobrem os por menores das regras de cobrança quando estão realizando o recurso de glosas.

Resolvi falar neste texto, sobre Consulta com Nutricionista e as diretrizes de utilização de acordo com o rol da ANS.

1. Cobertura mínima obrigatória, de 12 consultas, por ano de contrato, quando preenchidos pelo menos um dos seguintes critérios: 
a. crianças com até 10 anos em risco nutricional (< percentil 10 ou > percentil 97 do peso / altura); 
b. jovens entre 10 e 16 anos em risco nutricional (< percentil 5 ou > percentil 85 do peso/ altura); 
c. idosos (maiores de 60 anos) em risco nutricional (Índice de Massa Corpórea (IMC) <22 font="" kg="" m="" nbsp="">
d. pacientes com diagnóstico de Insuficiência Renal Crônica; 
e. pacientes com diagnóstico de obesidade ou sobrepeso (IMC ≥ 25 kg/m2 ) com mais de 16 anos; 
f. pacientes ostomizados; 
g. após cirurgia gastrointestinal; 
h. para gestantes, puérperas e mulheres em amamentação até 6 meses após o parto. 

2. Cobertura mínima obrigatória, de 18 sessões por ano de contrato, para pacientes com diagnóstico de Diabetes Mellitus em uso de insulina ou no primeiro ano de diagnóstico. 

3. Para todos os casos não enquadrados nos critérios acima, a cobertura mínima obrigatória é de 6 consultas/sessões de nutrição por ano de contrato.

Fique atento, leia e procure informação no lugar certo! O Portal do Faturamento Hospitalar é a maior comunidade de Faturistas do Brasil.



Comentários

Não Encontrou o que Procurava? Pesquise Aqui!

Top 10 da semana!

Faturamento, o fim