Algumas particularidades da conta médica no âmbito do SUS

Você sabia que o faturamento de contas SUS é bem diferente das contas de operadoras de saúde?

As regras de faturamento de contas de convênios vêm do contrato da operadora de saúde e da ANS; Já as contas do SUS são regidas pela tabela SIGTAP, e pelo manual SIH. 

Essas fontes de informação são as que ditam as regras das contas, como por exemplo: como faturar cirurgias múltiplas, sequenciais e politraumatizado. 

Leia também

Diferentemente dos convênios, no SUS, esses tipos de procedimentos que podem conter de três a cinco códigos, precisam ter vínculo de continuidade; do contrário, o hospital não poderá reaver o faturamento do que foi realizado! 

Na tabela SIGTAP, também e possível identificar o que e passível de cobrança. Nela você poderá observar que existem pouquíssimos medicamentos e nenhum material hospitalar, isso por que o SUS trabalha somente com a remuneração dos procedimentos, SADT, e OPME. 

Outro detalhe importante e que nas contas SUS, tem que ser verificado a compatibilidade. A tabela não paga àquilo que não seja compatível, ou seja, cada procedimento tem que ser compatível entre si. 

Deixe seu comentário abaixo, sua opinião é muito importante para nós. 
-------
Texto enviado por: 

Jasiel Souza Camara 
Gerente de Contas Hospitalares na Santa Casa de Misericórdia de Vitória. 
Proprietário da Empresa JS Consultoria Faturamento Hospitalar. 
Mais de 11 anos de experiência na área hospitalar, com Faturamento, Auditoria de Contas, SAME, OPME, Central de Guias. 
Habilidade no gerenciamento de equipes, administração de conflitos e conquistas de resultados, bem como implantação e reestruturação de setores. 
-------





Comentários

Não Encontrou o que Procurava? Pesquise Aqui!

Top 10 da semana!

Faturamento, o fim

Synvisc One pela Sul América PASSO A PASSO