Pequenos pontos, grandes diferenças.

Saber, por exemplo, quantos números tem a carteira do beneficiário de determinado plano de saúde, não é um conhecimento que se adquire de um dia para o outro. 


Parece meio obvio isso, mas, após de alguns anos de trabalho no Faturamento, nós adquirimos certos conhecimentos, táticas, sabedorias que nem imaginávamos ter no inicio da carreira.

Coisas que parecem tão normal de se identificar, passam despercebidas aos olhos de funcionários inexperientes. 
Quantos números tem a carteira do beneficiário de determinado plano de saúde, não é um conhecimento que se adquire de um dia para o outro. 

As carteiras da Unimed tem 17 números, já as do Bradesco Saúde possuem 15; e as da Amil 9.
Quando o faturista experiente olha a numeração da carteira, ele já identifica a falta de algum número.

Leia Também:

Procedimentos Ortopédicos

Consulta Médica

Assim como, a falta de assinatura do beneficiário e/ou profissional, são fatos que, automaticamente, são identificados aos nossos olhos. 

Outro item que identificamos instantaneamente, é a falta de data ou data incorreta. 

São conhecimentos básicos, pequenos pontos que fazem grande diferença em nosso dia no faturamento.

|
|
|

Espero que tenham gostado!
Deixe seu comentário e sua sugestão! 

Comentários

Não Encontrou o que Procurava? Pesquise Aqui!

Top 10 da semana!

Faturamento, o fim

Superfaturamento