Gestão das Informações

Xml Faturamento Hospitalar
Gerir contas hospitalares nunca foi fácil. Um mesmo prontuário pode passar pela mão de diversos profissionais de saúde dentro de um EAS. Os sistemas eletrônicos de gestão vieram para facilitar muito a vida do gestor de contas.

Imaginemos uma cliente que chega a um hospital para uma consulta. Ela chega na recepção e, é atendida, encaminhada à consulta com o médico; por ele é encaminhada ao posto de enfermagem para realizar alguns procedimentos e depois, volta ao médico que lhe dá alta.

Ela tem em sua bolsa um cartão de uma determinada operadora de saúde. (leia mais aqui)

No início do atendimento, na recepção, quando o funcionário a chamou, ele fez o cadastro dela no sistema, preencheu a guia de serviço profissional da operadora de saúde dela e pediu que ela assinasse. Ao final do dia a guia foi enviada para o setor de faturamento.
Na guia estará a informação de todos os procedimentos que a cliente fez. E ela fez muita coisa: consulta, procedimentos, utilização de materiais, medicamentos e taxas. Passou por diversos setores: médico, diagnose, laboratório, enfermagem.
Por esse motivo um sistema de informação que integre todos os setores, é fundamental. 

Um bom sistema, não serve apenas para cadastrar o paciente, fazer o faturamento e enviar o xml. um bom sistema, tem registro de todos os atendimentos realizados àquele paciente, suporta o arquivamento digital de exames realizados, laudos emitidos, medicamentos utilizados, contato das operadoras, planos atendidos, tem um bom suporte com uma equipe altamente qualificada para atender você e muito mais. 
Ao escolher um sistema, não pense só no faturamento. Pense em todos os setores e como o trabalho deles influencia no trabalho do seu setor. Facilitando o trabalho deles, você facilita o seu.

Comentários

Não Encontrou o que Procurava? Pesquise Aqui!

Top 10 da semana!

Faturamento, o fim

Synvisc One pela Sul América PASSO A PASSO