Teleatendimento na Fisioterapia

Hoje, eu vou falar sobre o Teleatendimento na fisioterapia e os possíveis impactos no faturamento.
Anteriormente, falamos sobre o Teleatendimento para consultas Médicas, Psicologia e Nutrição neste momento de pandemia em que muitos profissionais fecharam suas clinicas e consultórios, em resposta as medidas de isolamento social adotadas por diversos governos. Você pode ler clicando AQUI

O COFFITO autorizou em 20 de março, por meio da Resolução n° 516 (que você pode ler aqui), os profissionais a realizarem a Teleconsulta, Telemonitoramento e Teleconsultoria nesse período de pandemia.

Muitos pacientes encontram-se em tratamento com diversas comorbidades que necessitam de tratamento fisioterapêutico constante assim como, paciente em reabilitação pós operatória.  

O Conselho também solicitou que a ANS recomendasse as Operadoras de Saúde a autorização de pagamentos e reembolsos de serviços utilizados nesta modalidade. (Leia o Oficio aqui)

Leia também:

Como todos nós sabemos, em tratamentos seriados, há a necessidade que o paciente assine cada vez que a sessão for realizada. Em operadoras de saúde que já trabalham com autorização por atendimento ou token, é necessário autorizar o procedimento no site da operadora a cada vez que o paciente for realizar a terapia.

No artigo anterior, explicamos melhor como deveria ser feito para garantir o pagamento dos atendimentos. Na caso da fisioterapia, o procedimento deverá ser repetido a cada sessão do paciente. (Leia o texto AQUI).

Na tarde da última quarta-feira (25/03), a ANS (Agencia Nacional de Saúde Suplementar), em reunião extraordinária, além de outros assuntos resolvidos, orientou as Operadoras de Saúde a adequarem as suas redes para disponibilizar atendimento remoto utilizando recursos de tecnologia da informação e comunicação, na forma prevista nas resoluções dos respectivos conselhos profissionais de saúde e a portaria editada pelo ministério da saúde.

Até o momento do fechamento deste texto, não temos nenhuma informação de convênios que já tenham adotado as medidas orientadas.

Vale lembrar que isto que está acontecendo é muito novo e existe um tempo para que o sistema de saúde se adeque às mudanças. 

Ficaremos acompanhando e a qualquer momento atualizaremos as informações.

Deixe seu comentário abaixo e nos acompanhe nas redes sociais.
--- 

Comentários

Não Encontrou o que Procurava? Pesquise Aqui!

Top 10 da semana!

Faturamento, o fim