O que é uma Glosa? - Parte 1

Resumindo, glosa é todo procedimento, medicamento, material ou taxa cobrado pelo credenciado que a operadora não paga.

calculadora sobre a mesa, papel e caneta aberta.As glosas são classificadas em 3 tipos: administrativa, técnica e linear.

Hoje, eu vou focar na Glosa Administrativa para podermos discorrer melhor sobre o assunto.

- Glosa Administrativa.


Essa é a glosa é mais comum pois, ocorre em função dos processos administrativos incorretos, na maioria das vezes por inconformidades no preenchimento das guias e dos formulários. Erro de digitação, falta de autorização, cobrança de procedimento, materiais, medicamento e taxas que não constam em contrato.

Essa glosa é muito presente em nosso cotidiano: recepção, autorização, pré faturamento e faturamento.

- Evitando Glosas de Autorização.


No momento da Autorização, seja ela de consultas, procedimentos, cirurgias, medicamentos e materiais especiais, é necessário reunir todos os documentos relacionados àquele atendimento: pedido médico, justificativa técnica em receituário, laudos de exames de diagnóstico (raio-x, ressonância, tc e etc)...

Esses documentos precisam ser reunidos à guia no momento da autorização pois, serão enviados ao convênio anexados a conta do paciente. 

Até porque, muitas operadoras exigem que esses documentos sejam escaneados e enviados para o portal da operadora.

Leia também:

- Evitando Glosas de Atendimento da Recepção.


No momento da recepção do paciente, além de solicitar carteirinha e documento de identidade, é necessário ficar atentos à diversos aspectos.

Matricula do paciente, elegibilidade do paciente, senha de autorização, data de autorização, assinatura do paciente, assinatura do profissional, codificação incorreta; são aspectos da conta em que é muito comum aparecer glosas.

É necessário muita atenção no momento da recepção e preenchimento das guias e as informações inseridas no site da operadora para solicitar autorização.

Outro aspecto de devemos nos atentar é a alimentação do sistema da recepção. 

Quando temos um paciente recorrente, é comum não conferirmos se as informações no sistema ainda são as mesmas. JAMAIS FAÇA ISSO!!!

É necessário conferir as informações do sistema sempre que o paciente aparecer pois, ele pode ter se mudado, a carteirinha do convênio pode ter mudado, ele pode até ter mudado de convênio e, essas informações, serão utilizadas pelo faturamento, o que, se estiverem incorretas, gerarão glosas. 

E então, como é o seu cotidiano aí no seu trabalho. Deixe seu comentário, ele é muito importante para mim.

Comentários

  1. No intuito de minimizar esses erros trabalhamos com cópia do RG e carteirinha de todos os pacientes, para caso a recepcao erre a gente consiga corrigir sem muitos transtorno, e tem dado certo... Quase não temos esse tipo de glosa, marcamos em cima para evitar problemas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente! Aliás é uma dica ótima.

      Excluir
    2. Trabalhei em uma empresa que fazia dessa forma, e levei pra dica... Como todas as recepções fazem uso de copiadora, não existe problema algum... Quanto a assinatura é raro acontecer, marcamos muito em cima, repetimos tudo a todo tempo, marcamos reuniões pelo menos de 3 em 3 meses para falar de glosas, erros, mudanças ....
      E hoje temos um faturamento que não chega ter nem 5% de glosa incluindo SUS e todos os convênios.

      Excluir
    3. Com certeza! Toda boa iniciativa deve ser incentivada.

      Excluir

Postar um comentário

Deixe seu comentário aqui.

Não Encontrou o que Procurava? Pesquise Aqui!

Top 10 da semana!

Faturamento, o fim