Glosa 1818

A glosa 1818 se define por cobrança de procedimento sem autorização prévia.

homem loiro com barba camisa xadrez trabalhando em seu escritório
Diversos procedimentos, só podem ser realizados no beneficiário mediante senha de autorização, que deve ser previamente solicitada a operadora de saúde.

Para esta glosa, nós temos as seguintes possibilidades:

Quando é cobrado um procedimento diferente do que foi autorizado na senha, ou seja, não houve um trabalho de pré faturamento a fim de checar a autorização solicitada e os códigos autorizados.

Quando é cobrado um procedimento sem autorização prévia; o que, neste ponto, nos revela uma falta de comunicação entre o setor de faturamento e o setor de autorização e/ou recepção, que não disponibilizou uma lista com os códigos que necessitam de autorização, divididos por operadora.

Leia Também:

Existe ainda, em pacientes internados, a possibilidade da instituição não ter solicitado autorização para procedimento efetuados durante a internação.

Visitas, pareceres, diárias de UTI, nutrólogo, sessões de terapias, exames realizados durante a internação, precisam de autorização e, sem essa devida autorização, causam este tipo de glosa.

Neste caso, observamos uma não conformidade nos processos administrativos do setor de internação que devem ser revistos.

Sempre relembro a vocês que, em todos os casos, é preciso observar os acordos contratuais da sua instituição com a operadora de saúde e suas particularidades.

Volto a dizer que o treinamento e o diálogo entre os setores precisa ser constante para que não ocorra este tipo de irregularidades que fazem perder receita.

Deixe um comentário abaixo com sua opinião e a sua experiencia no seu setor. Isso ajuda muito. #Compartilhe

Comentários

Não Encontrou o que Procurava? Pesquise Aqui!

Top 10 da semana!

Faturamento, o fim

Synvisc One pela Sul América PASSO A PASSO