Enviando as Guias para o Faturamento

homem em sua mesa de escritório anotando algo em um bloco de notas
Enviar as guias para o Faturamento é um dos elos de ligação entre dois setores. É extremamente importante que este elo seja forte e muito bem construído pois, um trabalho depende do outro.

Portanto, eu vou dar aqui algumas dicas para que este trabalho seja realizado da melhor maneira possível.

Este trabalho é melhor realizado pelo pré faturamento porém, na falta de um, a recepção pode muito bem fazê-lo.

Antes de enviar as guias para o faturamento é imprescindível a observação dos seguintes itens:

O mais básico de tudo são os campos de assinatura, tanto do beneficiário quanto do profissional executante. A falta de assinatura nas guias, podem causar glosas irrecuperáveis. 

No caso de tratamento seriado, verifique no campos 56 (guia de SP/SADT) se a quantidade de assinatura reflete a quantidade de tratamento realizada.

NÃO ESQUEÇA AS DATAS.

Um item muito importante são as datas. Evite rasuras, pois algumas operadoras não toleram rasuras em datas. Verifique se todos os campos necessários de data estão devidamente preenchidos.

Leia Também:
A matricula do paciente deve estar legível e correta. Para tanto, utilize os portais das operadoras de saúde para verificar a elegibilidade do paciente. 

Algumas operadoras permitem imprimir a guia TISS já preenchida de seu próprio site, bastando apenas alimentar o sistema do site com as informações solicitadas.

Certifique-se que os códigos referente aos procedimento realizados, estão na guia. Utilize o campos 25 do SP/SADT para anotar os códigos realizados/autorizados.

Falando em autorização, a senha é muito importante. 

Antes de enviar as guias para o faturamento, volte ao site de autorização da operadora e verifique se a senha autorizada foi corretamente anotada na guia, no caso de guias manuais e se os códigos dos procedimento anotados na guia são os autorizados em senha.

É muito importante que a indicação clínica esteja anotada no campo 23 (no caso do SP/SADT) ou em receituário, grampeado junto à guia.

Os campos referentes ao profissional solicitante: nome, conselho, número do conselho, UF e CBO, devem estar devidamente preenchidos.

Procure fazer o seu trabalho da melhor maneira. Seja pró ativo e esteja em constante evolução no seu ambiante de trabalho, isso fará bem a você e as pessoas à sua volta.

Espero ter ajudado.

Compartilhe esta publicação.

Não Encontrou o que Procurava? Pesquise aqui!

Comentários

Não Encontrou o que Procurava? Pesquise Aqui!

Top 10 da semana!

Raio X Cotovelo na CBHPM.